Estadão, irresponsável, faz campanha contra os blogs

O Estadão está fazendo uma campanha contra os blogs.

Não vou me desculpar pela quantidade de lixo que tem na internet. O motivo é simples:

Qual será a preocupação do Estadão para lançar uma ofensiva contra os blogs? O blog da minha sobrinha? Os miguxos? É óbvio que a preocupação é com a concorrência forte dos blogs de conteúdo, especializados, que geralmente têm conteúdo melhor e mais rápido do que qualquer site de jornal.

A não ser que o jornal peça desculpas, eu nunca mais comprarei um Estadão na vida. Se alguém me vir com um Estadão na mão, peço o favor: faça com que eu coma. Um jornal que é irresponsável ao ponto de tratar os blogs de conteúdo desta maneira é capaz de tudo para levantar seu ibop e conseguir mais anunciantes. Um jornal com este caráter não merece respeito e confiança do leitor.

E na minha opinião, são irresponsáveis também a agência e os publicitários que criaram a campanha. Se Adolf Hitler encomendasse uma campanha, pelo jeito, pagando bem, eles fariam.

Agora eu acredito que nós presenciaremos uma das maiores campanhas de anti-publicidade, o maior tiro no pé que já vimos. É absolutamente lastimável.

Postagens relacionadas


13 respostas para 'Estadão, irresponsável, faz campanha contra os blogs'

  1. Norberto Kawakami Diz:

    É um apelo para mexer com a blogosfera e gerar mais buzz. Bem no estilo falem mal, mas falem de mim. Eles estão puxando “o inimigo” para o campo deles…

    O melhor contra-ataque que fazemos é trabalhar e colocar os pingos nos ís sem sequer mencionar a campanha de publicidade deles.

    abraço

  2. Thássius Diz:

    Ofensivo. Mas não diminui em nada o valor informativo que tanto blogs quanto o próprio Estado têm para mim.

  3. Stéfano Diz:

    Eu fico assustado quando vejo jogadas de marketing assim, sério.

    Creio que eles estejam usando um modelo de mercado do início da Revolução Industrial, onde o monopólio era o mais importante tendo como objetivo, portanto, a eliminação da concorrência.

    O que esses marketeiros de biblioteca não perceberam foi a pequena mudança no perfil do público, que tem como blogs uma fonte de notícias sem influÇencia comercial. Assim como menosprezam o senso crítico do leitor.

    O problema seria só esse, se não fosse um anúncio do site do Estadão! Como eles esperam que um leitor “antenado”, que tenha uma base de leitura virtual composta (no meu caso 95%) principalmente por blogs?

    Desculpe Norberto, mas eu também irei publicar algo a respeito da campanha em breve. Mexeu com a blogosfera, mexeu comigo e com o PomoTi.
    ;)

    Abraços

  4. Andre Garça Diz:

    Eu sabia que isso ia causar onda de posts por ai… Mas eu acho que não afeta em nada.

    A abordagem da informação de um veículo como os jornais são diferentes, e é direito do profissional que isso fique claro, nao?!

    Tem muito blog ruim, muito blog escrito por qualquer pessoa, muito blog ofensivo, muito blog publicando asneiras…

    Da mesma forma, tem muito blogs feitos por profissionais da comunicaçao, outros tao bons feito por pessoas de diversas areas.

    Da mesma forma que ta cheio de blogs so pra “monetizar” e ser a proxima bolha da web… Patéticos, esses!

    O que o jornal defende é a informação exata. Um veiculo de credibilidade, um jornalista, eles ralam num esquema mega pra publicar uma noticia e ter respaldo dela. Confirmar fontes, fatos…
    Voce acha mesmo que todos que blogam fazem isso?!

    Estamos num momento em que ha uma transiçao da forma de informar… e uma linha que separa blogs comuns de pro-bloggers…, Mas está tudo no mesmo saco pras pessoas em geral.

    O comercial diz: veja bem aonde voce anda clicando. E concordo.

    Tenho um site, que é basicamente um blog, nasceu na epoca que os blogs eram apenas diarios e nao podiam ser nada alem disso. Uns 6 anos atras. Daí descobri o blogger e como a forma de publicaçao poderia melhorar o trabalho, a atualizaçao, ter equipes, e atualizar de qualquer lugar. Mas nao podia ser blog, e as pessoas chamam de, porque tinha um icone lá, em respeito a ferramenta que tava usando. \

    Hoje, ser blog é conceito, tem contexto. E me irrita muita gente que veio anos depois, na facilidade dos blogs, criar sites concorrentes, que so falam besteiras e nao tem o menor fundamento.

    Ou seja… estamos em transiçao.
    Da mesma forma que queremos nossa fatia e respeito pela tipo de informaçao e discussao que podemos criar, os jornalistas e empresas também querem garantir a deles, e tem direito de explicar que uma coisa é uma coisa, outra é outra.

    Os blogs nunca vao substituir a midia tradicional. Blogs podem ser usados de muitas formas, e os jornais, como O GLOBO, sabem aproveitar muito bem isso em sua ediçao on line.

    :)

  5. Stéfano Diz:

    “[…] Como já havia comentado no desta.ca sobre este mesmo assunto […]

  6. Cristian Trentin Diz:

    O que acontece é propaganda gratuita sobre o estadão…, quantos blogs estão falando sobre esse assunto nesse momento? Até agora eu já vi uns 3, pois então é isso que eles querem..

    Abraços

  7. Gilberto Jr Diz:

    Cristian,
    Eu é que não queria ter diversos blogs falando da minha empresa da maneira como estão falando do Estadão. Um jornal que tem dinheiro para ter propagandas na TV aberta o tempo todo, não precisa gerar buzz marketing em meia dúzia de blogs. O que eles precisam é se colocar na mente do leitor como uma fonte mais confiável que os blogs, é essa a intenção.

  8. person araujo Diz:

    Concordo com o André Graça. Não vejo a campanha do Estadão como sendo contra os blogs, especificamente, e sim, contra o conteúdo, digamos, sem consistência, sem embasamento que existe na web. Cito uma frase importante do comentário dele:

    O comercial diz: veja bem aonde você anda clicando. E concordo.

    E é isso mesmo.

  9. Gabi Diz:

    Pelo contrário, o problema é a falta de qualidade que mtos blogs apresentam! E outra:
    Muita gente se passando por jornalista, qnd na verdade não é!!!
    ESTUDA antes de mais nada….

  10. Gilberto Jr Diz:

    Gabi, cuidado. Isso pode soar como falta de respeito.

    Os blogueiros especializados estudam muito mais, sabem muito, muito mais do seu próprio nicho, do que jornalistas que não são especializados naquele assunto. Nunca vi um blogueiro se passar por jornalista.

    Como já disse, a investida do estadão não é contra blogs sem qualidade, porque eles não apresentam nenhuma ameaça, é contra blogs cuja qualidade é superior à do estadão e que estão ameaçando seus lucros através do site.

  11. Cristian Trentin Diz:

    Gilberto, concordo com vc.

  12. Salvador Camino Diz:

    é hora de virar a página…

  13. Roy Frenkiel Diz:

    Leia n’Os Intensos a carta que fiz ao Estadao, reproduzida no sitio de Fausto Wolff, O Lobo. Tambem agora no BRTV meu recente texto a respeito disso e dos cansadinhos da nacao.

    Gostei do blog.

    abrax

    RF

    www.brtvonline.com/blog (procure o blog de Roy Frenkiel)
    www.osintensos.blogspot.com

Deixe seu Comentário