Sketchcast | Fale e desenhe, depois publique no seu blog

Quando estou conversando com um cliente, principalmente quando o assunto é arquitetura de informação e design de interface, eu rabisco muito durante a conversa. Geralmente um rascunho torna fácil de entender coisas que falando são complicadíssimas.

Essa sempre foi uma das tantas vantagens de se fazer uma reunião real ao invés de conversar via internet. Na web não dá pra rabiscar e o outro ver seu rabisco imediatamente.

Com blogs é a mesma coisa. Geralmente nós levamos até uma hora para escrever um artigo que o leitor vai ler em 5 minutos. Não seria muito mais fácil explicar certos conceitos se pudéssemos falar e rabiscar ao mesmo tempo?

Sketchcast é a nova arma do blogueiro.

A empresa Arc90, aproveitando a idéia de um blogueiro, fez o Sketchcast. Um programa online que te dá uma lousa virtual, na qual você pode rabiscar e falar ao mesmo tempo. Tudo é gravado em um vídeo, que pode ser embedado inserido no seu blog, como um vídeo do youtube. O programa já nasceu com uma tradução (ruinzinha) para português.

Adorei a idéia.

Desenhos explicando conceitos complexos me lembram imediatamente o saudoso blog da Kathy Sierra. O que eu mais gostava no blog dela era que bastava olhar para a ilustração e você já entendia tudo que ela queria dizer nas suas (geralmente enormes e maravilhosas) postagens.

Fiz um Sketchcast para testar o programa (veja abaixo) que é bastante leve, fácil de usar e rápido. Mas em vez de fazer algum desenho que explique o que eu estava dizendo, acabei fazendo um doodle.

[via Techcrunch]

Google lançará mapas embedáveis.

mapsembed.jpg

Segundo a APC magazine o Google vai lançar uma série de novidades no Google Maps. A mais interessante é o mapa “embedado”. Da mesma forma como qualquer pessoa pode pegar um vídeo no Youtube e colocá-lo em seu blog ou site, colocar um mapa será tão fácil quanto copiar e colar um código.

Todo sites institucional terá um destes.

Os mapas embedados terão toda a funcionalidade do Google Maps, com navegação, vista por satélite, etc.

Com a novidade, qualquer empresa poderá colocar facilmente um mapa para sua sede no seu site. Imagino que a funcionalidade será mais ou menos padrão nos novos site institucionais daqui pra frente.

Concorrência (?)

Concorrentes nacionais como o Maplink já oferecem este serviço, mas não de graça. Será interessante ver como estes serviços mais antigos e com pior usabilidade irão se virar contra a iniciativa do Google.

Deve ser complicado competir contra um produto melhor que o seu e ainda por cima gratuito, mas o maplink e o apontador ainda contam com as parcerias com portais e as suas marcas que ainda estão bem fresquinhas na cabeça dos usuários.

Texty | Um widget ultra simples como CMS

Aplicativo mostra como seu site é carregado.

pingdom-full-page-test.jpg

O Pingdom Full Page Test é um aplicativo online que mostra exatamente como um site é carregado. Ele separa arquivo por arquivo, organizando tudo em ordem de carregamento, e separa até cada um dos diferentes momentos do carregamento de um arquivo.

É uma excelente ferramenta pra quem quer analisar o código do site e perceber o peso (ou talvez poderíamos dizer o “custo”) de cada imagem, código e arquivo carregado em uma página.

No flickr há uma série de screenshots de testes, um deles mostra a homepage do google. Com este tipo de teste detalhado de carregamento é fácil entender, por exemplo, porque o site do google só tem uma imagem: o logotipo corresponde a metade do tempo total de carregamento da home page.

Adobe Air traz aplicativos web para o desktop

Uma conversa entre programadores num futuro próximo:
- Então nós tivemos que integrar o software desktop com a plataforma web…
- Como assim desktop?
- É que naquela época (nossa, como eu estou ficando velho) não dava pra usar o mesmo programa no computador ou na web. Eram coisas completamente diferentes…

A adobe lançou hoje o produto cujo codinome era Apollo e que foi batizado em sua versão beta de Adobe Air, ou Adobe Integrated Runtime.

O produto basicamente promete fazer com que aplicativos web funcionem no desktop, usando Html/Ajax ou Flex/Flash.

Assim, junto com o novo Google Gears, caminhamos para a diminuição das diferenças entre programação para web e desktop.

Na sua opinião, quais são as vantagens de ter um aplicativo online instalado no desktop? O que ganhamos com isso?

O Flex que faça muita flexão.

Há muito tempo o Flash reina soberano no mercado de animações na web. Agora, com a nova tecnologia Flex, a idéia da adobe é dominar o mercado de software web com o conceito RIA.

Acontece que desta vez a briga não vai ser tão fácil como foi na década passada. A microsoft já lançou o Silverlight, sobre o qual eu já falei aqui. Agora outro gigante entrou na briga, a Sun Microsystems, com o seu novo JavaFX.

Tim O’Reilly comenta o assunto, desta vez falando sobre o que ele realmente entende: venda de livros sobre tecnologia. Segundo ele, o livro Programming Flex 2 está fazendo um sucesso incrível na Amazon.

Agora, com quatro caras na arena, a briga parece ficar realmente boa. Na sua opinião, quem ganha:

  • Flash/Flex/Apollo da adobe, que tem a vantagem de estar na frente.
  • Silverlight da Microsoft, que tem a vantegem de poder ser instalado numa atualização do windows e parece ser incrivelmente mais rápido que os competidores.
  • Ajax, que tem a vantagem de não depender de nenhum plugin.
  • Java FX da Sun, que tem a vantagem de estar atrelado ao Java, que conta com milhares de programadores no mundo todo.

37Signals lança highrise, novo gerenciador de contatos

Hightrise, a novidade da 37 Signals sobre a qual já falamos aqui, está sendo lançada hoje. É um gerenciador de contatos.

Funciona mais ou menos assim: você adiciona contatos e depois pode relacionar anotações ou tarefas a estes contatos. Assim você pode manter todas as informações sobre um contato (que pode ser um fornecedor, cliente, colaborador, etc) em um só lugar.

O sistema permite:

  • Associar e-mails aos contatos
  • Associar tarefas aos contatos
  • Associar anotações aos contatos
  • Compartilhar arquivos
  • Organizar contatos em pastas e palavras-chave.

Não pode passar batida a excelência da interface. Usando mais Ajax do que nos produtos anteriores (basecamp, tadalist.com), o aplicativo online realmente é do nível de um programa desktop. Telas aparecem e somem para inserir ou alterar conteúdo sem recarregar a página, tudo é bem fácil de entender e simples de mexer e bem rápido.

Enfim, a 37Signals vem se consolidando como uma das mais empolgantes startups da web 2.0, com softwares muito bem produzidos e uma incrível consistência na qualidade dos produtos.